Pages

24/11/2010

Me sinto assim.


As vezes sinto um vazio dentro de mim, é como se ninguém precisasse de mim, é como se eu fosse inútil, do tipo que se usa e joga fora e quando eu não sou assim, sou o alvo dos problemas, sou o alvo da revolta alheia, e tem gente que só me procura quando precisa de algo e são nessas horas que eu precisava ter uma arma pra dar um tiro nessa pessoa. É como se eu fosse invisível, as pessoas passam reto por mim, como se eu não estivesse exatamente naquele lugar. Tá, eu sei que estou sendo um pouco dramática, solitária, depressiva, revoltada, problemática e sem amigos, pois é, eu sou assim dessa forma como acabei de descrever, sou uma pessoa muito estranha mesmo, difícil de entender, uma garota um pouco inteligente, que finge acreditar e deixa o bobo achando que é esperto, sou estranha sim. Mas eu vou seguir em frente, eu vou ficar bem. Só que não hoje, nem amanhã, mas talvez na semana que vem. Beijo aí;


2 comentários:

Anônimo disse...

sei...

Pauula G. disse...

ãnn ? :S

Postar um comentário